Banner Superior
Ely Leal

Ely Leal

Lavoura de milho é destruída após curto-circuito em colheitadeira

Cerca de 20 hectares de lavoura de milho foram destruídos após um incêndio que, segundo Corpo de Bombeiros, pode ter começado com curto-circuito em colheitadeira. O fogo começou na manhã de ontem, terça-feira (14), na região rural de Primavera do Leste.

Ao todo, aproximadamente, 40 hectares foram atingidos pelas chamas, porém, o milho de metade da área atingida já havia sido colhido.

A suspeita dos bombeiros é que o incêndio que durou mais de 3 horas tenha começado após um curto-circuito em uma colheitadeira.

Funcionários da fazenda se uniram aos bombeiros para apagar o fogo e, até as máquinas agrícolas foram adaptadas para transportar água e ajudar no combate às chamas.

Apesar do prejuízo financeiro, ninguém se feriu, segundo o Corpo de Bombeiros.

Edição Impressa em circulação

O Grupo CORREIO DA CIDADE MT coloca mais uma edição impressa do seu Jornal a disposição da população Primaverense. 

Nesta edição os destaques: 

- Entrevista completa com o candidato do PV a deputado estadual - MILEY ALVES

- Saúde da Mulher - Mulheres correm mais risco de infarto que os homens

E muitas outras informações!

Os assinantes recebem em seus endereços

Nas ruas, a distribuição é gratuíta.

 

Mantega vira réu e denúncia contra Palocci é rejeitada

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato em Curitiba (PR), aceitou nesta segunda-feira denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e outras nove pessoas, mas rejeitou a acusação contra o ex-ministro de governos petistas Antonio Palocci.

A acusação refere-se à suspeita de irregularidades na edição de medidas provisórias que beneficiaram diretamente empresas do grupo Odebrecht, entre estas a Braskem, de acordo com o MPF.

A acusação diz que a Odebrecht prometeu o repasse de 50 milhões de reais ao PT, por meio de Mantega, como contrapartida à publicação das MPs.

Moro tornou réu Mantega e outros acusados por entender que há indícios da prática de crimes como lavagem de dinheiro e corrupção passiva. No caso de Palocci, não.

"Ressalvo Antônio Palocci Filho. Segundo a denúncia, apesar dele ter participado dos fatos e informado sobre o acerto de corrupção, consta que teria sido Guido Mantega o responsável específico pela solicitação e pela posterior utilização dos cinquenta milhões de reais decorrentes", escreveu Moro na decisão.

"Então, quanto a ele, entendo que, no presente momento, pela narrativa da denúncia e pelas provas nas quais se baseia, carece prova suficiente de autoria em relação a ele. Rejeito, portanto, por falta de justa causa a denúncia contra Antônio Palocci Filho sem prejuízo de retomada se surgirem novas provas. Em decorrência da rejeição, poderá, se for o caso, ouvido como testemunha", completou.

Recentemente, Palocci, que está preso em Curitiba, teve sua delação premiada - firmada com a Polícia Federal - homologada pela Justiça Federal. Mantega chegou a ser preso pela Lava Jato, mas foi posteriormente solto.

Procurada, a defesa de Mantega não se manifestou imediatamente.

Inter goleia o Flu e cola nos líderes

Duelo de um time que sabia o que fazer com a bola contra outro que não se encontrou em campo. O Internacional mostrou porquê é postulante ao título e, diante de um abatido Fluminense, goleou no Maracanã. Placar de 3 a 0, gols de Nico López, duas vezes e Jonatan Álvez.

Com o resultado, o Fluminense encerrou a 18ª rodada na 9ª colocação com 22 pontos e volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Defensor (URU), pela Copa Sul-Americana. Já o Internacional permanece em terceiro com 35, a três pontos do líder São Paulo, e enfrenta o Paraná, no próximo domingo, pelo Brasileirão.

Lomba salva o Inter...

O Flu começou com dificuldade para segurar a bola, forçado ao erro pela marcação alta do Inter, mas foi o primeiro a levar perigo. Marcos Júnior aproveitou desvio de Junior Dutra para finalizar na pequena área. O problema é que Marcelo Lomba salvou de maneira espetacular.

... que marca com Nico López

A resposta do Inter veio com gol. Jadson foi pressionado na entrada da área e errou o passe. Rodrigo Dourado roubou a bola, avançou e achou Nico Lopez. Esperto, o atacante chutou cruzado e abriu o placar no Maracanã. Placar que era justo, tendo em vista a boa partida do Colorado.

Nova falha e Inter amplia

Mais uma falha individual, mais um gol do Internacional. Gilberto perdeu a bola para Nico López na lateral da área, que entrou na área e tocou no meio para Jonathan Álvez tocar para o gol. E viria mais...

Virou passeio no Maracanã

Nos acréscimos do primeiro tempo, Sornoza perdeu a bola próximo a linha de fundo, Digão cortou o cruzamento para o meio da área e Nico Lopéz chutou firme para estufar as redes. Flu foi para o vestiário ao som de vaias.

Substituições para reagir

O Flu voltou com Matheus Alessandro e Luciano do intervalo e tentou reagir, mas logo foi parado duas vezes. Sornoza, pela trave, e Pedro, pelo goleiro Marcelo Lomba. O Inter assustava nos contra-ataques.

Muita pressão, mas sem gols

O Flu foi melhor na segunda etapa, mas não conseguiu marcar. No fim, Sornoza ainda viu sua bola bater na trave após defesa de Lomba. O apito final foi marcado pelas vaias da torcida do Fluminense e pela festa dos torcedores do Internacional.

Assinar este feed RSS

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px