Banner Superior

Primavera pulveriza votos e fica sem representação política no estado

Destaque Primavera pulveriza votos e fica sem representação política no estado

Se houve muitos vencedores e algumas comemorações, as eleições de 2018 marcou também o encolhimento de Primavera do Leste no cenário político estadual e federal.

O único deputado da cidade jamais cumpriu sua missão de representar o povo da cidade que já lhe elegeu para dois mandatos e preferiu focar em seus interesses pessoais. Colheu nas urnas a justa medida do seu despreparo para a prática politica eleitoral.

Com 4 candidatos lançados para deputado estadual, nenhum foi capaz de atingir a cota de 5 mil votos em Primavera do Leste. Decepcionado com os dois mandatos de Zeca, o eleitor desistiu de seus representantes e pulverizou votos para todos os lados, de todos os grupos e de todas as tendências e com isso a cidade volta a uma condição pré 2010 de não ter nenhum representante oriundo da cidade.

DEPUTADO FEDERAL

É o exemplo mais acabado que Primavera desprezou seus representantes. Se pela primeira vez a cidade teve uma candidata a Câmara Federal, Renata Viana (PDT), sua votação – 5.684 votos -, embora a mais bem votada para Federal na cidade é de perguntar o que os eleitores buscam ao entregar 5.017 votos para um certo Nelson Barbudo? Qual o histórico de atuação política em benefício da sociedade que justifica tão expressiva votação?

Se fosse para votar em um deputado de fora do município, porque Valtenir Pereira (MDB), que enviou mais de R$ 9 milhões para a cidade sendo que R$ 7 milhões, para melhorar a  infra estrutura urbana do Lago, da captação de água pluvial e muitas outras,  já estão nos cofres da Prefeitura, recebeu 2.509 votos? Se a advogada Renata Viana é filha da cidade, qual a diferença de ação em prol da cidade entre Valtenir e Nelson Barbudo? Valtenir fez muito mais.

Até mesmo um certo policial federal Rafael Ranalli (Pros) conseguiu obter  1.093 votos na cidade. Jair Cegatti (PHS), candidato da cidade, obteve 665 votos.

DEPUTADO ESTADUAL

Os três mais votados para estadual são de Primavera, Luiz Costa – A grata surpresa liderou os votos locais com 3.973 – seguido de Zeca Viana – 3.933 votos – e o Presidente da Câmara Miley Alves – 2.460 votos – só que na sequencia da lista, o demagógico membro do MBL de Cuiabá obteve 1.736 votos não tendo feito absolutamente nada pela cidade.

Com uma postura firme e forte na Assembleia, a campeã de votos no estado, Janaina Riva esteve boa votação se considerar a pulverização de votos – 1.457 -. Gilberto Catanni (?) conseguiu 1.021 votos em Primavera. Como? O advogado, ex vereador e ex secretário municipal Toninho Nogueira conseguiu 999 votos. Até o ex Presidiário, Mauro Savi, que saiu da cadeia diretamente para o palanque foi bem votado. 328 votos. 

É certo que os dois péssimos mandatos de Zeca Viana na Assembleia, contribuiu para que os primaverenses desacreditassem numa representação local em nível estadual e federal. Mas era para tanto abandono dos nossos próprios interesses?

Ely Leal - Redação

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px