Banner Superior

Palmeiras vence o Santos e segue como o único 100%

O Palmeiras passou pelo seu principal teste até aqui no Campeonato Paulista: venceu o Santos, neste domingo, por 2 a 1 no Allianz Parque e manteve-se como o único com 100% de aproveitamento após cinco rodadas no Estadual.

Com direito à estreia de Gustavo Scarpa, o Verdão marcou com Antônio Carlos e Borja. Renato descontou para o Peixe, que para nos sete pontos, ainda lidera o Grupo D e espera ansiosamente pela reestreia de Gabigol.

Domínio alviverde

O início do clássico foi todo a favor do Palmeiras. Com triangulações e jogadas pelos lados do campo, o time acumulou escanteios, até Dudu cobrar um deles na cabeça de Antônio Carlos, que fez seu primeiro gol pelo Verdão e abriu o placar. Lucas Lima ainda acertou a trave em uma cobrança de falta. Isto tudo com seis minutos de partida.

Reação alvinegra...

O Santos, mesmo sem Gabigol (ainda buscando a melhor condição física) e Bruno Henrique (lesionado), soube reagir à pressão inicial. Além de dificultar a criação palmeirense, criou oportunidades para empatar, com Arthur Gomes e Sasha. Jailson pegou as duas. O primeiro tempo acabou equilibrado.

...e outra blitz palmeirense

O problema é que após o intervalo o Verdão mais uma vez começou melhor e ampliou o placar, com Borja. Foi o primeiro gol do colombiano em clássicos, em uma jogada toda sua, realizada com Willian.

Gol irregular reanima o Peixe

Tendo de queimar duas substituições por problemas físicos, Jair viu o Santos não atuar tão bem, mas o time voltou ao clássico quando descontou o placar com Renato, de cabeça. A jogada começou de forma irregular, pois a bola saiu, mas o trio de arbitragem não percebeu e validou o gol. Dali em diante, o Peixe dependeu de jogadas aéreas para empatar, sem sucesso.

Reencontro e estreia

Lucas Lima enfrentou o Santos pela primeira vez desde que optou pelo Verdão e teve uma atuação regular, um pouco mais irritado que nos outros jogos. No fim, deu lugar para Scarpa fazer a estreia no Verdão, único time com 15 pontos depois de cinco rodadas no Paulista.

Rodrygo, a última cartada

O menino de 17 anos, uma das grandes promessas do Peixe, foi a última substituição de Jair, mas mesmo com ele foram poucas oportunidades. Apesar da derrota, o time ainda é o melhor no Grupo D.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 1 SANTOS

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza  - Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Daniel Luis Marques

Público/renda: 37.867 torcedores/R$ 2.821.680,24

Cartões amarelos: Lucas Lima, Tchê Tchê, Felipe Melo e Victor Luis (PAL); Caju, Arthur Gomes, Alison e Copete (SAN)

Gols: Antônio Carlos, 2'/1ºT (1-0); Borja, 4'/2ºT (2-0); Renato, 17'/2ºT (2-1)

PALMEIRAS: Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo, Tchê Tchê (Bruno Henrique - 36'/2ºT) e Lucas Lima (Gustavo Scarpa - 41'/2ºT); Willian, Dudu (Keno - 29'/2ºT) e Borja. Técnico: Roger

 

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Luiz Felipe (Robson Bambu - 37'/1ºT) e Caju (Rodrygo - 18'/2ºT); Alison, Renato e Vecchio; Arthur Gomes, Copete e Sasha (Rodrigão - intervalo). Técnico: Jair Ventura

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px