Banner Superior

Libertadores - Vasco goleia no Chile e Chape perde em casa

O Vasco conseguiu um resultado excepcional em sua estreia na Copa Libertadores e praticamente assegurou a classificação para a terceira fase, ao golear a Universidad de Concepción por 4 a 0, no Chile. Com isso, o time carioca pode até perder por 3 a 0 na partida de volta, em São Januário, que ainda assim ficará com a vaga.

O time carioca não deu a menor bola para o fato de estar estreando fora de casa na Libertadores e abriu o marcador com apenas dois minutos de partida. Após uma boa troca de passes, Evander recebeu a bola na entrada da área e marcou para a equipe cruzmaltina.

A Universidad Concepción buscava a reação quando sofreu o segundo gol. Aos 16 minutos, o goleiro Cristián Munhoz errou ao tentar sair jogando e a bola sobrou para Evander, que de longa distância encobriu o chileno e anotou o seu segundo gol no jogo.

O time carioca passou a administrar o resultado durante toda a primeira etapa. Para tentar diminuir o prejuízo, os chilenos começaram pressionando o Vasco no início do segundo tempo, dando um pouco mais de trabalho para o goleiro Martin Silva.

Mas em apenas duas jogadas, o Vasco assegurou a vitória. Aos 33, Rildo cruzou fraco, o goleiro chileno saiu mal do gol e a bola sobrou para Yago Pikachu marcar. Aos 37, o mesmo Rildo recebeu em profundidade, invadiu a área e tocou na saída de Cristián Munhoz.

Chapecoense perde em casa

Em uma partida muito violenta e que teve três expulsões, a Chapecoense começou com derrota sua participação na Libertadores-2018, ao perder por 1 a 0 para o Nacional-URU. O time catarinense precisa agora vencer pelo menos por 1 a 0 no jogo de volta e levar a decisão para os pênaltis.

O jogo teve um primeiro tempo truncado, com algumas jogadas mais ríspidas das duas equipes. Mas a primeira chance foi da Chapecoense, quando aos 11 minutos, Guilherme tocou para Nadson, que driblou dois jogadores do Nacional  e chutou rasteiro, para boa defesa do goleiro uruguaio Conde. O troco do time uruguaio apareceu aos 27, quando após um cruzamento, Zunino chutou com perigo para o goleiro Jandrei. Aos 33, novamente o time uruguaio assustou, desta vez com Fernandez.

 

Na segunda etapa, quando a equipe da casa mais pressionava, veio o gol uruguaio. Aos 29 minutos, Zunino cruzou para o meio da área, Romero aproveitou a bobeada da zaga e empurrou para o fundo das redes. A equipe catarinense partiu desesperada em busca do empate, mas o goleiro uruguaio Conde segurou a vantagem do Nacional.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px