Banner Superior

AL define membros e instaura CPI das 'pedaladas'

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) definiu nesta terça-feira (30) os membros e instaurou a Comissão Parlamentar (CPI) para investigar a arrecadação e destinação de recursos do Fundeb e do Fethab pelo governo do estado. A comissão terá 180 dias para realizar a apuração.

Foram nomeados como titulares os deputados: Mauro Savi (PSB) como presidente, Professor Adriano (PSB) vice-presidente, Nininho (PSD) relator e Alan Kardec (PT) como o sub-relator.

Como suplentes foram definidos: Guilherme Maluf (PSDB), Romoaldo Júnior (PMDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Wagner Ramos (PSD), Baiano Filho (PSDB) e a deputada Janaína Riva (PMDB).

A composição da CPI foi alterada depois que a deputada Janaina Riva e o deputado Dr. Leonardo, escolhidos como titulares, se negaram a participar da comissão.

A CPI investigará a aplicação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) por parte do governo.

A nvestigação tem prazo de 180 dias para ser concluída. O prazo, no entanto, pode ser prorrogado. As reuniões da comissão devem acontecer as terça-feiras às 14h.

CPI das pedaladas

A criação da CPI foi proposta por lideranças partidárias para investigar os recursos arrecadados por meio desses fundos e onde aplicou esse dinheiro.

Conforme o requerimento, é de longa data o descontentamento acerca dos montantes arrecadados e distribuídos no estado e que, por diversas veses, os prefeitos buscam obter informações sobre os repasses e não conseguem.

 

No requerimento consta ainda que o dinheiro do Fundeb não tem chegado até as prefeituras municipais.

fonte: G1-MT

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px