Banner Superior

Lavoura de milho é destruída após curto-circuito em colheitadeira

Cerca de 20 hectares de lavoura de milho foram destruídos após um incêndio que, segundo Corpo de Bombeiros, pode ter começado com curto-circuito em colheitadeira. O fogo começou na manhã de ontem, terça-feira (14), na região rural de Primavera do Leste.

Ao todo, aproximadamente, 40 hectares foram atingidos pelas chamas, porém, o milho de metade da área atingida já havia sido colhido.

A suspeita dos bombeiros é que o incêndio que durou mais de 3 horas tenha começado após um curto-circuito em uma colheitadeira.

Funcionários da fazenda se uniram aos bombeiros para apagar o fogo e, até as máquinas agrícolas foram adaptadas para transportar água e ajudar no combate às chamas.

Apesar do prejuízo financeiro, ninguém se feriu, segundo o Corpo de Bombeiros.

Edição Impressa em circulação

O Grupo CORREIO DA CIDADE MT coloca mais uma edição impressa do seu Jornal a disposição da população Primaverense. 

Nesta edição os destaques: 

- Entrevista completa com o candidato do PV a deputado estadual - MILEY ALVES

- Saúde da Mulher - Mulheres correm mais risco de infarto que os homens

E muitas outras informações!

Os assinantes recebem em seus endereços

Nas ruas, a distribuição é gratuíta.

 

Inter goleia o Flu e cola nos líderes

Duelo de um time que sabia o que fazer com a bola contra outro que não se encontrou em campo. O Internacional mostrou porquê é postulante ao título e, diante de um abatido Fluminense, goleou no Maracanã. Placar de 3 a 0, gols de Nico López, duas vezes e Jonatan Álvez.

Com o resultado, o Fluminense encerrou a 18ª rodada na 9ª colocação com 22 pontos e volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Defensor (URU), pela Copa Sul-Americana. Já o Internacional permanece em terceiro com 35, a três pontos do líder São Paulo, e enfrenta o Paraná, no próximo domingo, pelo Brasileirão.

Lomba salva o Inter...

O Flu começou com dificuldade para segurar a bola, forçado ao erro pela marcação alta do Inter, mas foi o primeiro a levar perigo. Marcos Júnior aproveitou desvio de Junior Dutra para finalizar na pequena área. O problema é que Marcelo Lomba salvou de maneira espetacular.

... que marca com Nico López

A resposta do Inter veio com gol. Jadson foi pressionado na entrada da área e errou o passe. Rodrigo Dourado roubou a bola, avançou e achou Nico Lopez. Esperto, o atacante chutou cruzado e abriu o placar no Maracanã. Placar que era justo, tendo em vista a boa partida do Colorado.

Nova falha e Inter amplia

Mais uma falha individual, mais um gol do Internacional. Gilberto perdeu a bola para Nico López na lateral da área, que entrou na área e tocou no meio para Jonathan Álvez tocar para o gol. E viria mais...

Virou passeio no Maracanã

Nos acréscimos do primeiro tempo, Sornoza perdeu a bola próximo a linha de fundo, Digão cortou o cruzamento para o meio da área e Nico Lopéz chutou firme para estufar as redes. Flu foi para o vestiário ao som de vaias.

Substituições para reagir

O Flu voltou com Matheus Alessandro e Luciano do intervalo e tentou reagir, mas logo foi parado duas vezes. Sornoza, pela trave, e Pedro, pelo goleiro Marcelo Lomba. O Inter assustava nos contra-ataques.

Muita pressão, mas sem gols

O Flu foi melhor na segunda etapa, mas não conseguiu marcar. No fim, Sornoza ainda viu sua bola bater na trave após defesa de Lomba. O apito final foi marcado pelas vaias da torcida do Fluminense e pela festa dos torcedores do Internacional.

  • 0

Upa de Primavera do Leste aprimora ficha clínica de pacientes

A atualização garante informações precisas sobre o estado do paciente, para possibilitar melhor atendimento médico

Na área da saúde, o cuidado com o paciente deve acontecer desde a chegada na unidade até o fim do atendimento. Cada informação sobre o estado de saúde é muito importante para que os médicos saibam, de forma imediata, o melhor tratamento para cada caso. É por isso que a ficha clínica na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Primavera do Leste foi aprimorada.

Cerca de 40 campos para o preenchimento de dados foram acrescentados no documento. A Enfermeira Lídia, responsável pelo aprimoramento da ficha, explica que antes acontecia de algumas informações essenciais para a avaliação médica ficarem de fora da ficha, alguns desses dados deveriam ser acrescentados ainda na triagem. ""Agora temos campos para o preenchimento de informações que são vitais e fazem toda a diferença no atendimento e na segurança do paciente", comenta a enfermeira.

Ela ainda explica que se espera com este novo formato, a padronização de todos os campos utilizados na descrição de procedimentos pela equipe multiprofissional, um incentivo para que todos os servidores se atentem e evitem deixar lacunas em branco, promovendo, efetivamente, a melhoria da qualidade assistencial prestada.

A UPA de Primavera do Leste, desde a Implantação do Núcleo de Segurança do Paciente, levanta os problemas que existem na instituição e busca, em parceria junto à gestão, promover ações para prevenção, controle e diminuição de incidentes nos atendimentos. Já foi mapeada a maior parte dos problemas e, em contrapartida, ações de melhorias estão sendo implantadas, como exemplo a nova ficha clínica.

Em 2 horas, três mulheres pedem socorro à PM por violência doméstica em Primavera

Em menos de 3 horas, três mulheres pediram socorro à Polícia militar de Primavera do Leste porque estavam sendo agredidas pelos companheiros na noite desse domingo (12). Dos três casos, somente um suspeito foi preso.

O primeiro caso foi às 21h, no Bairro Guterres. Uma mulher de 41 anos, casada há mais de 15 anos, chamou a polícia depois que levou do marido dois tapas no rosto. Ela contou aos policiais que também foi ameaçada por ele.

O marido ficou com ciúmes de um amigo do casal. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima relatou que já apanha dele há muitos anos e que sempre ficou calada.

Por volta de 22h, no Bairro Centro Leste, um homem de 42 anos agrediu a mulher e a sogra com golpes de cadeira.

As duas tinham várias marcas pelo corpo e contaram à PM que ele estava bêbado. Os policiais encontraram no quarto do suspeito uma arma calibre 36 com uma munição. Ele conseguiu fugir.

Já às 23h40, uma mulher de 26 anos também pediu ajuda à Polícia Militar depois de ser agredida e ameaçada de morte pelo ex-namorado, de 20 anos, no Bairro Parque Eldorado. Ele teria dito para a vítima que, se ela não voltasse com ele, iria matá-la.

O policiais não localizaram o suspeito, que tem 20 anos de idade.

fonte: G1-MT

Verdão bate Vasco

A estreia do técnico Luiz Felipe Scolari no estádio Allianz Parque, em São Paulo, foi vitoriosa. Com um gol de Deyverson, de cabeça, no início do segundo tempo, o Palmeiras derrotou o Vasco por 1 a 0, neste domingo, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro, chegou aos 30 pontos e fica a oito do líder São Paulo.

Felipão segue invicto no seu retorno ao Palmeiras: duas vitórias um empate e nenhum gol sofrido. O setor defensivo, aliás, é o destaque: não leva gol há cinco partidas.

Com um elenco qualificado à disposição, Felipão optou por fazer um rodízio e deixou de fora alguns jogadores que participaram da vitória sobre o Cerro Porteño, na última quinta-feira, no Paraguai, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

O treinador está de olho no segundo confronto contra o Bahia, nesta quinta-feira, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Com um empate sem gols em Salvador, o Palmeiras precisa vencer para se classificar às semifinais.

No primeiro tempo, o Palmeiras teve posse de bola bem superior ao Vasco, mas não conseguiu criar oportunidades de gol. Bem postado no setor defensivo, comandado pelo estreante Leandro Castán, o time cruzmaltino optou por uma marcação forte em seu campo de defesa (com até 10 jogadores) e deixou o Palmeiras trocar bola no campo de ataque.

Jogando no contra-ataque, o Vasco acabou por criar duas boas chances na etapa inicial, uma delas de bola parada. Aos 13 minutos, Yago Pikachu cobrou escanteio fechado e o goleiro Weverton teve que praticar grande defesa para evitar o gol olímpico. Nos acréscimos, Thiago Galhardo cruzou para Pikachu chutar forte e obrigar outra intervenção do arqueiro palmeirense.

A melhor chance do time paulista foi com Deyverson. Com dificuldade para entrar com a bola dominada, o Palmeiras optou pelo jogo aéreo. E quase deu certo. Aos 28 minutos, Jean cruzou, Deyverson subiu mais que a zaga e o goleiro uruguaio Martín Silva fez bela defesa.

No final do primeiro tempo, o meia Gustavo Scarpa sofreu uma lesão no calcanhar direito e teve de ser substituído por Hyoran, que seria decisivo. No início do segundo, o Palmeiras acelerou o ritmo e chegou ao gol da vitória através da bola aérea. Lucas Lima cruzou, Hyoran cabeceou, a bola bateu no travessão e Deyverson, também de cabeça, mandou para as redes, para alegria de Felipão.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 x 0 VASCO

PALMEIRAS - Weverton (Jailson); Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Bruno Henrique, Jean e Lucas Lima (Moisés); Gustavo Scarpa (Hyoran) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

VASCO - Martín Silva; Rafael Galhardo (Raul), Leandro Castán, Ricardo e Ramon; Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Giovanni Augusto (Vinícius Araújo) e Thiago Galhardo; Andrés Ríos (Maxi López). Técnico: Jorginho.

GOL - Deyverson, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luan (Palmeiras); Andrey e Maxi López (Vasco).

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

RENDA - R$ 1.930.884,80.

PÚBLICO - 30.012 pagantes.

LOCAL - Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP).

  • 0

Com reservas, Grêmio goleia Vitória

Com um time recheado de reservas, o Grêmio assumiu o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vitória por 4 a 0, neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, no complemento da 18.ª rodada. Douglas, Jailson, Pepê e Everton fizeram os gols da partida.

Com a goleada, o Grêmio tirou o rival Internacional da terceira posição, somando 33 pontos, um a mais que o time colorado, que encerra a rodada contra o Fluminense nesta segunda-feira. O Vitória, por outro lado, é o 16.º, o primeiro fora da degola, com 19 pontos.

O Grêmio iniciou a partida com intensidade e no primeiro minuto obrigou o goleiro Ronaldo a trabalhar duas vezes, em chute de fora da área de Marinho e cruzamento de Jael. Sem deixar o ritmo cair, os donos da casa abriram placar aos 10 minutos. Após cruzamento, o meia Douglas apareceu livre para cabecear. Ele parou em Ronaldo no primeiro lance, mas ficou com a própria sobra para marcar.

O Vitória sentiu o começo de jogo do time tricolor e demorou a se encontrar. Com dificuldades para sair da marcação sob pressão do adversário, os baianos sofreram o segundo gol aos 20 minutos. Douglas recuperou a bola no campo de ataque e acionou Jailson, que arriscou de fora da área e marcou. A equipe baiana ainda tentou descontar em cobrança de falta de Yago, que assustou o goleiro Paulo Victor.

O time baiano voltou com o mesmo ímpeto no começo do segundo tempo e Neílton, logo no primeiro ataque, obrigou o goleiro gremista a fazer boa defesa. Quem marcou logo após o intervalo, no entanto, foi o Grêmio. Pepê recebeu de Marinho, balançou na frente da marcação e bateu cruzado. A bola desviou na defesa e não deu chances para Ronaldo aos 11 minutos.

Com o placar elástico, o técnico Renato Gaúcho aproveitou para dar ritmo a Everton. O atacante desfalcou o time gaúcho na última semana por conta de dores musculares. Foi justamente o camisa 11 que marcou o quarto gol. Ele puxou contra-ataque e acionou Jael. O centroavante finalizou de primeira e parou em Ronaldo. No rebote, o "Cebolinha" da torcida gremista completou para o gol, aos 36 minutos.

O Grêmio volta a campo no meio de semana para enfrentar o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o time gaúcho encara o Corinthians, no próximo sábado, às 19 horas, em São Paulo. Já o Vitória joga contra o Palmeiras, no domingo, às 16 horas, no estádio Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 4 x 0 VITÓRIA

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e Bruno Cortez; Jailson, Matheus Henrique (Maicon) e Douglas; Marinho (Alisson), Jael e Pepê (Everton). Técnico: Renato Gaúcho.

VITÓRIA - Ronaldo; Jeferson, Kanu, Ruan Renato e Bryan; Ramon (Erick), Rodrigo Andrade (Lucas Fernandes), Marcelo Meli e Yago; Neílton e Walter Bou (Wallyson). Técnico: João Burse.

GOLS - Douglas, aos 11, e Jaílson, aos 20 minutos do primeiro tempo; Pepê, aos 11, e Everton, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Paulo Victor (Grêmio); Ruan Renato, Kanu e Rodrigo Andrade (Vitória).

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

RENDA - R$ 446.803,00.

PÚBLICO - 16.146 pagantes (17.717 no total).

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

  • 0

Chapecoense vira e bate o Corinthians

O Corinthians teve a chance de "matar" a Chapecoense no primeiro tempo do jogo deste domingo na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Não o fez e acabou castigado. O time catarinense reagiu na etapa final, dominou, criou chances e virou a partida ao fazer 2 a 1 nos acréscimos. Foi a primeira vez na história que o time catarinense venceu o paulista em 10 partidas. Até então, eram seis vitórias alvinegras e três empates.

O Corinthians permanece com 26 pontos, mas mantém o sétimo lugar. Vai encerrar o primeiro turno do Brasileirão no próximo sábado, às 19 horas, contra o Grêmio, na Arena Corinthians, em São Paulo. Nesta partida, não terá o goleiro Cássio, que falhou nos dois gols e ainda recebeu o terceiro cartão amarelo diante dos catarinenses. A Chapecoense chegou aos 21 pontos e jogou o Santos (18) novamente para a zona do rebaixamento.

Mais preocupado com o jogo de meio de semana também contra a Chapecoense e no mesmo local, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil, o técnico Osmar Loss montou o Corinthians com jogadores reservas. Ainda assim, o início do jogo foi melhor do que ele esperava. A equipe catarinense, que teve a estreia do treinador Guto Ferreira, marcava muito atrás, dava espaço e disso se aproveitou o time paulista para se impor em campo.

A consequência do domínio foi uma chance com Roger antes dos três minutos - o centroavante chegou atrasado e não conseguiu concluir - e a marcação do primeiro gol logo com cinco minutos. Um gol com a participação de todo o ataque: Clayson cruzou da esquerda, o goleiro Jandrei rebateu a cabeçada de Roger, mas o rebote ficou com Marquinhos Gabriel, que marcou.

A vantagem deixou o Corinthians ainda mais à vontade. O time trabalhava bem a bola e na maioria dos ataques dava bastante trabalho para a defesa catarinense. A Chapecoense só importunava sem grande perigo, em chutes de fora da área ou em cruzamentos pelo alto. Lances em que a zaga corintiana perdia a disputa, como uma ocorrida aos 22 minutos em que Leandro Pereira cabeceou e fez Cássio, que apesar de ser titular não foi poupado neste domingo, se esticar para colocar a bola a escanteio.

Mas o jogo na Arena Condá era do Corinthians e as chances foram se sucedendo. Aos 27 minutos, Jandrei fez grande defesa em conclusão de Clayson; aos 33, Matheus Vidal acertou o travessão com um belo chute da entrada da grande área; aos 37, Marquinhos Gabriel errou o alvo.

A Chapecoense não reagia dentro de campo e se irritava fora dele. A torcida vaiava a equipe e os jogadores reservas reclamavam com o árbitro carioca Graziani Maciel Rocha. Em uma dessas chiadeiras, o volante Barreto exagerou e, mesmo no banco, acabou recebendo cartão vermelho.

O domínio corintiano foi praticamente total na etapa e a vantagem poderia até ser sido maior. Mas o time de Osmar Loss não soube fazer mais gols e, por isso, sofreu bastante no segundo tempo. Guto Ferreira fez a Chapecoense acordar. Acertou a marcação, adiantada e mais forte, e colocou um atacante de velocidade no time: Bruno Silva. Com isso, matou os espaços do Corinthians, que já não conseguia mais articular jogadas e apelava para bolas longas, e passou a dominar o jogo.

Os catarinenses passaram os primeiros 15 minutos da etapa rondando a área do Corinthians. Yann Rolim teve boa chance de empatar aos 5, mas desperdiçou. Leandro Pereira também teve boas oportunidades. Os paulistas não conseguiam jogar.

Aos 21 minutos ocorreu o lance polêmico da partida, que viria a resultar no gol de empate da Chapecoense. Após chutão de Jandrei Cássio acabou defendendo com as mãos na meia-lua, ou seja, fora da área. O árbitro marcou a falta e deu cartão amarelo para o goleiro corintiano. Os jogadores catarinenses e Guto Ferreira reclamaram porque queriam que o arqueiro fosse expulso.

Depois de muito bate-boca, a falta foi batida por perfeição por Diego Torres, no canto esquerdo de Cássio, que nem se mexeu.

O empate animou ainda mais a Chapecoense, que continuou a atacar. O Corinthians nem contra-atacar conseguia. E acabou levando a virada aos 49 minutos. Marcio Araújo avançou pela direita e bateu cruzado. Cássio voltou a falhar ao espalmar fraco e Doffo bateu no alto para fazer 2 a 1.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 2 x 1 CORINTHIANS

CHAPECOENSE - Jandrei; Eduardo, Douglas, Rafael Thiere e Bruno Pacheco; Marcio Araújo, Amaral, Yann Rolim (Doffo) e Diego Torres; Leandro Pereira e Victor Andrade (Bruno Silva). Técnico: Guto Ferreira.

CORINTHIANS - Cássio; Mantuan, Léo Santos, Marllon e Carlos Augusto; Gabriel, Araos, Matheus Vidal e Marquinhos Gabriel (Ralf); Clayson (Pedrinho) e Roger (Emerson Sheik). Técnico: Osmar Loss.

GOLS - Marquinhos Gabriel, aos 5 minutos do primeiro tempo; Diego Torres, aos 24, e Doffo, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Leandro Pereira (Chapecoense); Cássio (Corinthians).

CARTÃO VERMELHO - Barreto (Chapecoense, do banco de reservas).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).

RENDA - R$ 324.005,00.

PÚBLICO - 10.070 pagantes.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

  • 0

Taques tem 10 dias para apresentar prazos e evitar intervenção

A desembargadora Clarice Claudino da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, deu um prazo de 10 dias para que o Governo do Estado apresente um cronograma das obras dos centros socioeducativos em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Tangará da Serra e Barra do Garças .

A construção das unidades visa evitar uma intervenção federal em Mato Grosso, solicitada pelo Ministério Público Estadual (MPE) por conta do descumprimento de decisões judiciais por parte do Executivo.

A determinação da desembargadora foi dada durante reunião de conciliação entre o MPE e o Estado na tarde desta sexta-feira (10), no Núcleo Permanente de Consensuais e Soluções de Conflitos do TJ.

De acordo com o procurador Paulo Prado, designado para atuar na sessão de conciliação como representante do MPE, o órgão está disposto a entrar em um acordo, mas tudo depende exclusivamente do Governo.

“Algumas informações precisavam vir para os autos. Então a desembargadora deu um prazo até o dia 20 de agosto para o governador apresentar, por escrito, quando que ele pretende começar as obras ainda neste ano de Cáceres, de Tangará da Serra, de Barra do Garças, de Rondonópolis, Várzea Grande e Cuiabá. Porque essas ações já estão há muito anos rolando por aí, já transitaram em julgado, está na hora de decidir”, afirmou em entrevista à imprensa.

“O mais importante é a gente buscar o acordo, mas esse acordo depende do Governo, quando sai a licitação, quando começam as obras, para acabar esse impasse”, afirmou.

Segundo apurou a reportagem, as decisões contra o Estado já transitaram em julgado, ou seja, contra elas não cabe mais recurso.

O descumprimento de decisão é um dos requisitos que podem levar à intervenção federal em Estados, Distrito Federal ou Municípios.

Candidatos a governador de MT se enfrentarão em 5 debates televisivos no 1º turno

Os cinco candidatos ao governo terão cinco oportunidades de se enfrentarem em debates televisionados. Em geral, os debates são bem valorizados pelos que pleiteiam chefiar o Poder Executivo estadual, já que conseguem alcançar altos níveis de audiência e um grande número de telespectadores. Quatro emissoras em Mato Grosso irão realizar debates entre os postulantes, Vila Real, TBO, Band e TVCA.

Também serão oportunas as rodadas de entrevistas com os candidatos ao governo, assim como os 11 candidatos ao Senado. Algumas oportunidades também serão importantes para os candidatos ao Senado como é a rodada de debates na TBO e para os candidatos ao governo falarem especificamente sobre segurança pública, como será realizado no programa Cadeia Neles, na Vila Real.

 Vila Real

A TV Vila Real será a primeira a realizar debate entre os candidatos a governo em 28 de agosto, às 11h. O segundo debate será realizado em 28 de setembro, também às 11h. A emissora realizará duas rodadas de entrevistas com os candidatos a governo no Jornal do Meio Dia e uma rodada com os candidatos ao Senado.

O mesmo será realizado no programa Tribuna, na rádio Vila Real, que contará com duas rodadas de entrevistas com os candidatos a governo e uma rodada com os candidatos ao Senado. Na TV, o programa Cadeia Neles também receberá os candidatos a governo em rodada de entrevistas para tratar exclusivamente sobre segurança pública.

Band

A TV Cidade Verde – Band MT é tradicionalmente a primeira a realizar os debates entre os candidatos. Neste ano, deverá ser diferente. A TV irá lançar um novo programa a partir de 20 de agosto, o Band Eleições para realizar cobertura das eleições e política. A programação contará com entrevistas a candidatos ao governo, os onze candidatos ao Senado, os cinco a vice-governadores, assessores jurídicos e marqueteiros.

A Band também irá realizar rodada de entrevistas com os candidatos ao governo no Programa do Pop, com abordagem de temas populares e segurança pública.

TBO

A TBO Mato Grosso começará a rodada de entrevistas com os candidatos a governo neste domingo (12), no programa Ponto de Vista, que é exibido das 22h a 0h. O primeiro entrevistado será o candidato pela Rede, Arthur Nogueira. No domingo (19) será Moisés Franz (Psol), na semana seguinte será a vez de Mauro Mendes (DEM), depois Wellington Fagundes (2/9) e Pedro Taques (PSDB) será o último a participar desta rodada em 9 de setembro.

A TBO terá três debates televisionados neste primeiro turno. Em 16 de setembro participarão os candidatos ao Senado, com presença de Carlos Fávaro (PSD), Nilson Leitão (PSDB), Procurador Mauro (Psol), Waldir Caldas (Novo), Maria Lúcia Neder (PCdoB) e Aladir Leite (PPL).

Em 23 de setembro, os candidatos ao Senado Jayme Campos (DEM), Selma Arruda (PSL), Adilton Sachetti (PRB) e Sebastião Carlos (Rede) participam do segundo debate. Já o enfrentamento entre os candidatos a governo será em 30 de setembro, sete dias antes das eleições.

A TBO também realizará entrevistas com os candidatos à majoritária no programa Mato Grosso é Mais. A transmissão ao vivo será realizada de segunda a sexta, das 13h às 14h, a partir de segunda (13).

O primeiro entrevistado será Taques, depois será a vez de Arthur Nogueira (20/8), Wellington Fagundes concederá entrevista em 27 deste mês e Mauro Mendes em 10 de setembro.

TVCA

A data de debate dos candidatos a governador ainda não foi acertada na TVCA. A definição será determinada de acordo com a programação da Globo. Como é tradição, a TVCA é a última a realizar debate no 1º turno. De acordo com o setor de programação da TV, o progrma pode ser realizado ou na terça (2/10) ou quinta (4/10).

A TVCA também entrevistará os candidatos a governo nos jornais. Mas ainda não estão definidas as datas e programas nos quais estarão os candidatos.

fonte: rdnews

Assinar este feed RSS

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px