Banner Superior

Taques exonera secretário e mais dois da Casa Militar

O governador Pedro Taques (PSDB) exonerou dos cargos em comissão os policiais supostamente envolvidos no caso dos grampos. A figura mais importante é o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Evandro Alexandre Ferraz Lesco. O coronel Ronelson Jorge de Barros perdeu o cargo de secretário adjunto da Casa Militar e o cabo Gerson Luiz Ferreira Correa Junior de Assessor Técnico III (DGA-6). O governador já nomeou no lugar de Lesco o tenente-coronel Wesney de Castro Sodré.

Os três exonerados foram presos em 23 de junho por suposto envolvimento com esquema de arapongagem no Estado. A exoneração era aguardada devido a denúncia do Ministério Público na semana passada. Foram denunciados três coroneis, um tenente-coronel e um Cabo da PM. Os cinco vão responder pelos crimes de ação militar ilícita, falsificação de documento, falsidade ideológica e prevaricação. Assim, nessa lista estão ainda o coronel Zaqueu Barbosa e o tenente-coronel Januário Batista.

Vale ressaltar que os três não perdem os cargos efetivos e patentes a que estão vinculados.

 

Lesco é suspeito de ter comprado em 2015 os aparelhos de escutas telefônicas para a utilização de grampos da PM, no valor de R$ 24 mil, e a nota supostamente estaria em seu nome. À época, ele era secretário-adjunto de Segurança Pública.

fonte:rdnews

Última modificação emQuarta, 26 Julho 2017 11:55

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px