Banner Superior

Após 19 anos, Câmara Municipal realiza sua 2ª sessão itinerante

Após 19 anos, desde então quando foi realizada a primeira sessão itinerante pelo legislativo primaverense no ano de 1998, na noite desta quarta, 16, aconteceu a 2ª sessão itinerante na história da Câmara Municipal.

A sessão faz parte do projeto da atual Mesa Diretora, juntamente com apoio de todos demais vereadores. A sessão foi realizada na escola Maria Sebastiana no bairro Primavera III. Moradores da região lotaram o auditório da escola. “…as sessões itinerantes é um antigo sonho de  todos vereadores, e isso só foi possível graças ao apoio conjunto na Casa. A proposta de levar o legislativo até as comunidades é importante, ouvir de perto as reivindicações, discutir propostas e sugestões para a melhoria da qualidade de vida da população”, disse o presidente da Câmara , Leonardo Bortolin (PMDB).

POPULAÇÃO COMPARECEU

Estiveram presentes alunos, professores, autoridades militares, lideranças comunitárias e comunidade em geral de toda região. Todos os vereadores presentes usaram a palavra e debateram indicações e propostas para às comunidades da região.

“…atender a população de forma direta, isso que ocorreu aqui, o Poder Legislativo vai até à comunidade, a nossa função estamos fazendo. Com a sessão itinerante a população tem voz ativa, aproveita a oportunidade para fazer suas reivindicações e solicitações”, destacou o vice-presidente Miley Santos (PV).

“…é a oportunidade que a população tem para cobrar diretamente dos seus representantes, que somos nós vereadores, melhorias e benfeitorias para a sua rua e bairro, todas essas reivindicações vamos agora levar ao executivo municipal, cobrar das secretarias, em alguns casos, buscar apoio da bancada estadual e federal”, salientou o vereador Luis Costa (PR).

As sessões itinerantes vão ocorrer uma vez por mês por diversas regiões da cidade. A próxima região que irá receber a sessão itinerante será sorteada pelos vereadores em plenário.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Gaeco pede que acusação de caixa dois contra Taques seja enviada para a PGR

O Gaeco pede que a juíza Selma Arruda, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, autorize o compartilhamento das provas levantadas na ação penal derivada da 3ª fase da Operação Rêmora com a Procuradoria Geral da República (PGR). O pedido é motivado pelas confissões realizadas pelo empresário Alan Malouf, um dos réus do processo e que citou os nomes do governador Pedro Taques e do deputado federal, Nilson Leitão, ambos do PSDB.

Durante audiência no início de julho, Alan reafirma seu depoimento ao Gaeco em dezembro do ano passado, no qual diz que participou do esquema de fraudes a licitações e cobrança de propina de empresários que tinham contratos com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para recuperar o dinheiro pago em uma dívida de campanha não declarada de Taques, nas eleições de 2014.

Conforme Alan, Taques tinha conhecimento do caixa 2, uma vez que o próprio governador teria pedido ajuda para saldar tal dívida. Durante o depoimento, Alan também citou outros nomes que se beneficiaram com o esquema na Seduc, como o deputado Leitão.

De acordo com Alan, a participação de Leitão foi revelada pelo delator da Operação Rêmora, o empresário Giovani Guizardi, apontado como operador do suposto esquema.

O pedido do compartilhamento integra as alegações finais apresentadas pelo Gaeco no dia 3 de agosto e o órgão não tem competência para investigar políticos com foro privilegiado. Segundo o promotor de Justiça Samuel Frungilo, Selma pode analisar o pedido a qualquer momento.

Em dezembro do ano passado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, negou investigar Taques e Leitão, após o Gaeco encaminhar a delação de Guizardi ao órgão. Em seus depoimentos, o delator afirma que um dos objetivos do esquema era arrecadar recursos para o “retorno” das doações na ordem de R$ 10 milhões que Alan teria feito à campanha de Taques, por meio de caixa dois.

Já Leitão, conforme o delator, teria se beneficiado de depósitos na ordem de R$ 20 mil, por determinação do então secretário Permínio Pinto.

Na época, Janot entendeu que apenas a citação a Taques e Leitão, sem qualquer outro tipo de provas, não era o bastante para determinar a abertura de inquérito.

Rêmora 3

A ação investiga a suposta existência de uma organização criminosa que cobrava propina sobre contratos e fraudava licitações da secretaria estadual de Educação. A denúncia foi feita pelo Ministério Público Estadual, por meio do Gaeco, em 19 de dezembro de 2016 e aceita pela magistrada em 30 de janeiro deste ano.

 

Segundo o Gaeco, Alan garantia a implementação e desenvolvimento de esquemas criminosos dentro da Seduc, junto a Permínio. Edézio, por sua vez, teria alugado uma sala para as reuniões do grupo e feito o levantamento dos valores que os empresários tinham a receber a fim de auxiliar na cobrança de propina.

fonte:rdnews

Sob protestos, Palmeiras perde para a Chapecoense

No primeiro jogo em casa após a eliminação na Copa Libertadores, o Palmeiras perdeu por 2 a 0 da Chapecoense no Campeonato Brasileiro e acumulou quatro jogos seguidos sem vencer. Com a queda na competição internacional, o atual campeão brasileiro e um dos cotados para o título nacional, no início da temporada, segue tendo mau desempenho e estaciona no campeonato.

A torcida não perdoou a derrota e a sequência negativa da equipe e protestou contra o grande investimento, que não teve o retorno almejado na temporada. Agora, o objetivo da equipe até o resto das rodadas é se classificar à Libertadores – considerado pouco para o clube que defende a taça e com um dos elencos mais caros do Brasil.

Aos 38 minutos do primeiro tempo a Chapecoense marcou o primeiro gol da partida em uma pane total da zaga do Palmeiras. O lateral Reinaldo, ex-São Paulo, cobrou falta longe da área. A bola viajou a área, passou pelos defensores do Palmeiras e sobrou no pé de Lucas Mineiro, que chutou de primeira e pegou Fernando Prass de surpresa. O segundo veio no último minuto de jogo com Túlio de Melo que recebeu passe por cobertura de Wellington Paulista e tocou na saída de Prass.

 

O Palmeiras está na quarta colocação, com 33 pontos, e fica cada vez mais longe do líder Corinthians, com 47. A Chapecoense, com 25, deixa a zona de rebaixamento e está na 15ª colocação. O Palmeiras terá o clássico contra o São Paulo no próximo domingo, no Allianz Parque, e a Chapecoense enfrenta o Avaí, na Ressacada.

  • 0

Grêmio perde chance de se aproximar do Corinthians

Com o time reserva em campo, o Grêmio voltou a tropeçar neste domingo e só empatou com o Atlético-PR por 0 a 0, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. São dois jogos sem vitória, já que na última rodada o time havia perdido para o Botafogo, favorecendo assim o Corinthians.

Líder do Brasileirão, o time paulista sofreu sua primeira derrota no campeonato no sábado, ao perder por 1 a 0 para o Vitória, em casa. Mas o vice-líder Grêmio perdeu nova chance de se aproximar mais do primeiro colocado. O time gaúcho chegou aos 40 pontos e agora está a sete do Corinthians. Já o Atlético pulou para a sexta posição, com 30 pontos, mas pode perder posições até o término da rodada.

 

Novamente o técnico Renato Gaúcho poupou o time titular do Grêmio e apostou nos jovens da base, mesclado com a experiência de Léo Moura, Fernandinho e Bruno Rodrigo. No primeiro tempo o Atlético-PR foi melhor e criou as melhores chances de gol. Na etapa final o Grêmio se impôs e teve mais oportunidades para balançar as redes, mas no fim os ataques não funcionaram de forma efetiva e os gols não saíram para nenhum dos lados.

  • 0

Flamengo vence Atlético-GO

O Flamengo venceu o Atlético-GO por 2 a 0 na noite deste sábado no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, pela 21ª rodada do Brasileirão. O jovem Vinicius Junior foi o destaque da partida ao marcar os gols que deram a vitória ao time da casa.

O Rubro-Negro carioca, que não vencia desde a 16ª rodada, quando derrotou o Coritiba também em casa, chegou aos 32 pontos e dorme na quinta posição. Neste domingo, os cariocas torcem contra Sport e Atlético-PR para fechar a rodada no G6. Com 15 pontos, o Atlético-GO se mantém na lanterna da competição.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo disputa a vaga na final da Copa do Brasil contra o Botafogo. Na próxima rodada do Brasileirão, o Fla volta a jogar em seu estádio no domingo, em confronto direto pelo G6 diante do Furacão. Já o Dragão encara o líder Corinthians em Itaquera.

O Jogo

O confronto seguiu um script já antecipado, com o Flamengo assumindo a iniciativa e o controle da partida, e o Atlético-GO se defendendo. Com muitos desfalques, principalmente no ataque, os cariocas encontraram muitas dificuldades diante de um adversário muito retrancado.

 

Nos primeiros 15 minutos, o Flamengo foi só pressão, mas o gol não saiu. Depois dos 20 minutos de bola rolando, o ritmo da equipe carioca caiu, mas nem por isso os goianos se arriscaram no ataque. Os dois gols foram marcados no início e final do segundo tempo.

  • 0

Corinthians perde para Vitória

O Corinthians perdeu pela primeira vez no Campeonato Brasileiro de 2017. Diferentemente de todas as previsões, descansado após duas semanas e diante de um time que luta contra o rebaixamento, o alvinegro não foi capaz de superar a retranca do Vitória, muito bem montada pelo técnico Vágner Mancini, levou um gol ainda no primeiro tempo e acabou saindo derrotado por 1 a 0, com gol do colombiano Tréllez.

Com o resultado, o Timão acaba com uma invencibilidade de 34 jogos na atual temporada, além de uma histórica, já que nunca tinha acabado um jogo atrás do placar contra os baianos em São Paulo. O clube do Parque São Jorge ainda desperdiça a chance de abrir vantagem sobre o segundo colocado Grêmio, que havia perdido no último final de semana. Do outro lado, o Leão ganha força na briga contra o rebaixamento, agora com 22 pontos.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente a equipe do Atlético-GO, no sábado, também em Itaquera. Antes, porém, visitam a Chapecoense, na quarta, às 19h30 (de Brasília), em jogo adiado da 20ª jornada do torneio, na Arena Condá. Do outro lado, os baianos terão pela frente a equipe do Coritiba, na segunda-feira, dia 28, no Couto Pereira.

Vitória é competente, Timão perde muitas chances

O Vitória chegou ao estádio de Itaquera com o claro objetivo de aproveitar um vacilo da zaga corintiana para buscar seu gol. Do outro lado, o Corinthians quase abriu o placar em bola erguida na área, que Maycon chutou por cima. O volume de jogo do Timão foi alto, mas, em uma bola, os baianos conseguiram seu gol. Fagner errou ao tentar tabelar com Romero, David roubou e acionou Neilton. O avante descolou bom passe para Trellez, entre Pedro Henrique e Arana. O centroavante chutou cruzado, a bola desviou no lateral e venceu Cássio.

O tento não mudou o panorama do jogo, dando apenas um pouco menos de paciência para os donos da casa trabalharem a bola. Com dificuldades para entrar tocando na defesa adversária, o time anfitrião buscou as jogadas pelo lado, com ultrapassagens dos laterais. Em uma delas, aos 19 minutos, Jô recebeu na área e foi derrubado por Kanu, mas o juiz ignorou a penalidade. Na sequência, Rodriguinho chutou cruzado e Fernando Miguel fez boa defesa.

Preocupado com os contra-ataques, o Timão deixou sempre três jogadores atentos aos rápidos David e Neilton, mas isso não impediu que até os defensores fossem ao ataque. Numa primeira investida, Balbuena deu belo passe para Rodriguinho, que foi travado pela zaga. Na segunda, aos 40 minutos, o paraguaio abriu para Fagner e foi para a área receber. A bola rodou um pouco pela direita e voltou para o lateral, que cruzou na segunda trave, onde o defensor testou livre, mas mandou para fora.

Animado e empurrado pela torcida, o Alvinegro seguiu com a pressão e só não empatou o duelo por boas intervenções de Fernando Miguel. Em passe por elevação de Clayson, Jô tocou de cabeça e mandou no contrapé do arqueiro, que fez boa defesa. A bola sobrou para Romero, que cruzou para Rodriguinho. O meia ajeitou no peito e chutou forte, a bola bateu na zaga e saiu por cima do gol.

Vitória melhora e trava o Corinthians

O técnico Fábio Carille voltou para o segundo tempo com uma alteração forçada, já que Guilherme Arana sentiu dores na coxa direita e teve que dar lugar a Moisés. Sem uma das suas principais alternativas de ataque, coube ao treinador encontrar outras formas de furar o bloqueio adversário, mais forte a cada minuto que passava. A escolha foi Marquinhos Gabriel na vaga de um inoperante Romero.

O time manteve um ritmo razoável, mas pareceu sentir um pouco a necessidade de sempre estar com a bola e ter de trabalhar lado a lado, sem conseguir pressionar a saída de bola do adversário. Os baianos, por outro lado, conseguiram se fechar bem e, ainda vivendo da sua única finalização no jogo, passaram 25 minutos sem nem sequer conseguir cruzar a linha do meio-campo, confortáveis com a vantagem.

 

A última cartada do Timão foi o retorno de Jadson, que não atuava desde o empate sem gols contra o Avaí, no mês passado, no lugar do zagueiro Balbuena. O camisa 10, porém, não conseguiu ditar o ritmo de jogo da equipe, atrapalhado pela boa marcação na intermediária rival. O desempenho foi tão abaixo que quem ficou mais perto do gol foi o Vitória, mas Neilton, duas vezes, mandou nas mãos de Cássio e manteve o placar em 1 a 0.

  • 0

Grêmio vence o Cruzeiro e sai na frente

O Grêmio deu na noite desta quarta-feira o primeiro passo para chegar à decisão da Copa do Brasil pela segunda vez seguida. O atual campeão do torneio venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), e está a um passo da classificação.

O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Lucas Barrios aos 45 minutos do primeiro tempo. O jogador aproveitou rebote do goleiro Fábio para finalizar sem marcação.

 

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Grêmio se classificará com um empate.

  • 0

Botafogo e Fla empatam em 1º jogo da semi da Copa Brasil

Botafogo e Flamengo empataram em 0 a 0 nesta quarta-feira pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, no Estádio Nilton Santos. A partida, que marcou a estreia do técnico colombiano Reinaldo Rueda na equipe visitante, teve mais expulsões do que gols. O goleiro flamenguista Alex Muralha e o zagueiro botafoguense Joel Carli levaram cartão vermelho no segundo tempo.

Carli e Muralha se estranharam aos 35 minutos do segundo tempo. Em bola lançada na área do Flamengo, Muralha fez a defesa em bola dividida com o argentino e deixou o pé alto, acertando a barriga do adversário. Irritado, Carli revidou pisando no goleiro. O árbitro Anderson Daronco expulsou os dois jogadores.

 

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira, no Maracanã.

  • 0

Jovem é assassinado em Primavera do Leste

Um jovem de 19 anos, identificado como “Gustavo Henrique”, foi assassinado a tiros a caminho de seu trabalho no bairro Parque Eldorado, em Primavera do Leste (242 km de Cuiabá), na manhã desta terça-feira (15).

Conforme a PM, o jovem estava na garupa de uma motocicleta conduzida pelo seu irmão, quando outra moto se aproximou. Os ocupantes da moto efetuaram vários disparos contra o jovem.

A vítima foi atingida na cabeça e teve o óbito confirmado por uma equipe médica minutos depois. O seu irmão não foi atingido.

O jovem, conforme foi levantado pela PM, é filho do proprietário de uma marmoraria no município. Policiais o classificaram como uma pessoa trabalhadora, que não tinha nenhum antecedente criminal.

 

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime passional, já que a atual namorada dele é ex-esposa de um presidiário.

fonte: folhamax

Mais um delegado deixa as investigações dos grampos

O delegado Fabiano Pitoscia comunicou ao diretor-geral da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli, que não vai mais participar das investigações do esquema de escutas ilegais no Estado.  De acordo com as informações, o delegado alegou que a desistência é por “foro íntimo”.

Agora, a frente do caso fica apenas a delegada Ana Cristina Feldner. Ela havia sido nomeada junto com Pitoscia para conduzir as investigações.

Porém, se achar necessário, Feldner pode pedir um novo colega prosseguir na apuração do inquérito.

 Esta é a terceira desistência de delegados para comandar as investigações. No me de julho, o delegado Flavio Stringueta anunciou sua saída das investigações por conta de uma licença médica.

Stringueta usou a página do Facebook para anunciar o afastamento da investigação, mas sugeriu que voltaria assim que terminasse a licença. Ele ainda indicou o delegado Marcelo Martins Torhacs.

Torhacs negou assumir o caso e sequer fez algum ato relativo a investigação. Então, Perri decidiu nomear Feldner e Pitoscia para comandarem as investigações em conjunto.

GRAMPOS ILEGAIS

O esquema de escutas clandestinas no Estado foi denunciado em outubro de 2015 pelo ex-secretário de Segurança Pública Mauro Zaque, mas só foi divulgado na imprensa em maio desse ano pelo programa Fantástico, da Rede Globo.

Foram presos até agora o ex-secretário da Casa Militar, coronel Evandro Alexandre Ferraz Lesco, e o ex-adjunto da pasta, coronel Ronelson Barros, o ex-comandante-geral da PM, Zaqueu Barbosa e o cabo da Polícia Militar, Gerson Luiz Correia Junior.

 

O tenente-coronel Januário Batista e o cabo Euclides Luiz Torezan, chegaram a ser presos, mas foram liberados. O ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, também foi detido, mas obteve habeas corpus na última quinta-feira.

fonte:folhamax

Assinar este feed RSS

29°C

Primavera do Leste

Parcialmente Nublado

Umidade: 70%

Ventos: 0 km/h

  • 24 Mar 2016 27°C 21°C
  • 25 Mar 2016 27°C 21°C
Banner 468 x 60 px